Sling para Bebê – Tudo que você precisa saber

  • 1
  • 27 de junho de 2017

Eu já falei sobre a minha experiência com o Sling para Bebê aqui, mas decidi reunir tudo que você precisa saber sobre esse item (que é uma mão na roda para as mamães e papais) em um só lugar. O meu modelo preferido é o sling canguru, também conhecido como wrap sling. Que nada mais é que um pedaço gigante de tecido, com cerca de 4 metros de comprimento, que você enrola em você e no bebê.

O modelo de wrap sling é super seguro e fácil de usar. Olhando pela primeira vez pode até parecer difícil, principalmente o ato de segurar o bebê enquanto enrola o pano, mas com a prática você acaba se rendendo ao sling para bebê e não consegue mais largar. Usei também o modelo com argolas, este eu preciso dizer que não me adaptei e não senti segurança. Não sei, sempre parecia que iria soltar e o meu filho também não gostava. Então, ignorei o produto e voltei minhas atenções ao que realmente resolvia nossa vida: o sling canguru.

Depois que o meu filho, o Alec, fez 10 meses comecei a utilizar o Canguru mesmo. É uma espécie de bolsa-segura-bebê, rs. É ótima e também ajuda bastante quando você vai ao mercado, por exemplo. Mas assim, para passeios curtos, ok? Porque se você quiser caminhar por bastante tempo eu recomendo o bom e velho carrinho de bebê, afinal, suas costas agradecem. Por mais que a maioria dos cangurus sejam bem confortáveis, o bebê maiorzinho é mais agitado e o peso começa a se fazer presente rapidamente. No começo eu usava o canguru com o meu bebê virado para mim, barriga com barriga, mas depois eu virei ele para frente. Afinal, ele queria ver o movimento. 😉 Mas lembre-se: isso quer dizer que várias coisas ficarão ao alcance daquelas lindas mãos extremamente ativas. Cuidado!

Mas vamos as minhas percepções sobre o sling para bebê:

Qual a melhor forma de amarrar o sling?

A forma que eu preferi sempre foi a básica, na qual você mantém o bebê de frente para você. Essa posição também é conhecida como útero de pano ou wrap cross carry. Sinceramente, de todas as que eu tentei esta foi de longe a mais prática para realizar as minhas atividades diárias. Você pode tentar as formas que tem neste post para ver qual é a melhor para você.

 

Sling para Bebê com amarração lateral

 

Wrap Sling para Bebê

É possível amamentar o bebê usando o sling?

Claro. É possível e eu fiz isso várias vezes. O benefício é que você pode continuar andando e as pessoas não vão ficar te encarando. 😉 Eu sou super tranquila quanto a amamentar em público, nunca dei muita bola para isso, mas devo dizer que foi uma descoberta bem legal a de poder amamentar em público sem que ninguém percebesse.

É perigoso usar?

Não, mas você precisa ter alguns cuidados básicos. Por exemplo: o bebê precisa conseguir respirar com tranquilidade, o sling deve permitir que o bebê consiga realizar pequenos movimentos e você não deve realizar exercícios perigosos usando o produto. É muito importante que o sling seja de ótima qualidade e que não tenha nenhum acessórios que o bebê possa se machucar ou engolir.

Qual o preço de um sling?

Depende. Principalmente da qualidade do tecido e do acabamento. Existem modelos super simples e também os super descolados, vai do seu estilo e bolso. Mas pode variar de R$40 a R$200 reais. Uma dica legal é optar por slings que retratem a sua personalidade já que vai ser um item que vai cobrir toda a sua roupa enquanto você estiver usando.

Por que comprar?

Porque é vida! rs Sinceramente, eu adorei poder andar com o meu bebê grudado em mim. E ajudava muito principalmente com as cólicas do neném. Penso que este é um excelente presente para uma futura mamãe, é útil e diferente.

E você, o que acha do sling? Conta sua experiência nos comentários.

Beijos, Ká.

 

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest

Compartilhe =D