Saiba como fazer o bebê dormir a noite toda

  • 0
  • 17 de dezembro de 2016

Perdi a conta que quantas vezes digitei no Google: “quando meu bebê vai dormir a noite inteira?” e “como fazer meu filho dormir uma noite toda?“.

Afinal, não fui uma mãe sortuda que teve um filho que dormia a noite toda desde que nasceu. Para falar a verdade, o Alec começou a dormir a noite toda depois dos 10 meses e só porque usei a técnica abaixo para conseguir que isso acontecesse. Não consigo descrever a raivinha que eu ficava quando alguém falava: nossa, mas por que será que ele não dorme? Você não deve acordá-lo para dar de mamar. Ele não pode ter mais fome. #mimimi

Primeiro vamos esclarecer, eu nunca acordei meu filho para mamar durante a madrugada. Ele sempre acordou sozinho. E sim, ele mamava a mamadeira toda. As vezes até 3 mamadeiras por noite! Mas chegou um tempo em que conciliar a maternidade, noites mal dormidas e o trabalho foi ficando difícil. Sempre prezei por manter o bom humor no trabalho, já que ninguém tem culpa do que acontece na minha vida, mas isso estava ficando complicado.

Então, um determinado dia eu mandei uma mensagem de WhatsApp para a pediatra do Alec (Doutora Ana, te amamos!) que dizia assim: Olá Ana, tudo bem? Estou prestes a doar o Alec. Se esse pestinha não começar a dormir a noite toda eu acho que vou surtar. Tem algum sonífero infantil? Beijos, Ká.

A pediatra, que já conhece o meu jeito sincero e exagerado, mandou o seguinte: Tem uma técnica que tu pode tentar. Agora ele não precisa mais acordar a noite! Só que ela é difícil, muitas mães não conseguem. Se tu não fizer isso agora, só vai melhorar quando ele tiver uns 2 anos. Aí ele vai dormir até mais do que você gostaria. 😉

Minha resposta: Não sou como as outras mães! (mentira, hahaha. Mas tem vezes que a gente só quer ser diferente! E eu falaria qualquer coisa para dormir, pelo menos, 6 horas seguidas.)

E aí veio a técnica para fazer o bebê dormir a noite toda: DEIXAR CHORAR!

Gente, sim. É triste, corta o coração, dá uma vontade de tacar o bebê na parede ou ainda, você chega até a chorar junto. Mas foram 5 noites! CINCO F&^%ing NIGHTS! A ideia é a seguinte, tu deve atender o bebê e fazê-lo te perceber nos primeiros dias. Mas não mexer nele e nem lhe dar nada para tomar. Ele voltará a dormir sozinho! Quem quiser dar uma chupeta para tentar minimizar a choradeira, pode também. Mas assim, o bebê faz um escândalo tão grande que provavelmente irá lhe ignorar.

A primeira e a segunda noites são as piores, lembro do Alec chorando por 40 minutos direto. No decorrer da semana o espaço entre um choro e ele pegar no sono caia gradativamente, até que depois de uma semana, só eu acordava. hahaha Porque assim, ele parou de acordar e eu continuei acordando por força do hábito.

Se valeu a pena? COM TODA CERTEZA do universo. Faria mil vezes! Porque hoje posso dizer que a rotina do Alec e a minha está totalmente alinhada e a nossa vida muito mais fácil.

Hoje o Alec chega da escolinha, come alguma coisinha pelas 18h e vai tomar banho pelas 19h15. Às 19h30m, mais tardar 20h, toma uma mamadeira praticamente dormindo e só acorda às 6h e pouco. O que é super prático, porque dá tempo da mãe fazer as coisas à noite e acordamos todos juntos para começar toda a rotina de novo. 😉

Espero que ajude ou dê uma esperança para algumas mamães que partilham do mesmo “problema noturno”. Aí fica a dica para quem não concorda com a técnica, não faça. Porque você precisa ser firme, se não for não vai funcionar e você vai espalhar informações erradas sobre a ideia porque não conseguiu cumprir a proposta até o final. Provavelmente não é algo que todas vão aceitar e algumas jamais considerariam essa técnica, achariam cruel, inclusive. Mas de quem dormia 3 horas por noite, trabalhava 9h e precisava se dedicar à tudo ao mesmo tempo: Vale a pena tentar!

 

Beijos, Ká.

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest

Compartilhe =D