Enxoval do bebê

  • 2
  • 14 de dezembro de 2015

Hoje vou escrever sobre uma das partes mais legais da gravidez, preparar o enxoval do filhote.

Este momento é super legal e a participação do pai é bem grande, pelo menos na minha experiência. Afinal, você meio que esta definindo o estilo do baby nos primeiros anos de vida e é necessário ter um consenso entre os pais sobre o que é cool e o que é over. Aqui em casa foi bem tranquilo, o Alec é uma miniatura do meu marido no quesito modo de vestir. =]

Sempre tem uma polêmica sobre o que é necessário, certo? Vou dar o meu depoimento sobre este assunto.

Agora, duas coisas são reais, não importa o que tudo você comprar porque sempre vai faltar algo e as avós sempre irão ter comprado mais um milhão de coisas sem você saber.

Bom, vamos lá (…)

Para os primeiros dias, na maternidade e em casa (até uns 15 dias de vida) o Alec usou só manga comprida (porque realmente ele sentiu mais frio, mas como ele nasceu em setembro não foi necessário nenhum casaso…só a manga comprida mesmo). E gente, foco nos bodys e macacões que abrem tudo. Por dois motivos: 1. Você vai trocar a fralda TODA hora, porque ele faz cocô a todo momento. 2. Tirar e colocar coisas pela cabeça do pequeno é um empenho que você não vai querer ter de madrugada.

Sapatos!!!! Pffff…não gaste dinheiro com vários sapatos. Seu filho ficará de meias ou descalço a maior parte do tempo. Sério.

Outra coisa importante: regatinhas. Parece tosco, né? Mas as regatinhas são uma boa mesmo porque deixam o pequeno mais quentinho e uma fofura. haha

Eu não curto tip-tops, mas vou dizer que são úteis. Facilita você só ter uma grande peça de roupa (…)

Quantidades? Olha, as fraldas podem (e eventualmente, mais vezes que você espera. rs) deixar passar alguma coisa e, por isso, prepare-se para trocar de roupa no pequeno mais vezes por dia em alguns dias pontuais. Mas assim, sabe aquela máxima que a gente escuta “ele vai perder muita roupa muito rápido”? Então, real. O bê usou algumas peças somente UMA VEZ. Sim, triste.

Não acho que vale a pena comprar muita coisa RN, porque tu tecnicamente não sabe se vão servir e por quanto tempo. Além de ser super susse tu pedir para alguém comprar para ti algumas peças (ou você mesmo ir passear e comprar – lembre-se que sair de casa é fundamental, porque senão tu pira – MESMO!) se for necessário.

Uma coisa interessante: aqui em casa não existe pijama e roupa de sair. Ele toma banho e coloca uma roupinha, mas não troco ele quando ele acorda de manhã para “sair”. Ainda não vejo necessidade, portanto, aqui não temos pijamas. Agora, se isso é normal, não sei. Aqui é.

Eu fui comprar o enxoval do Alec em NY e vou dizer, vale super a pena. Claaaaro que o dólar não estava tão alto, mas mesmo assim acabamos pagando em média $3,20. O motivo de valer a pena? Na verdade são dois, variedade e valores.

As melhores compras no exterior e que vale a pena comprar ou pedir para alguém trazer:

  1. Pomada Desitin
A MELHOR pomada EVER.

A MELHOR pomada EVER.

Vale SUPER a pena comprar. Reza a lenda que a vendida no Brasil não é igual à dos EUA. Se é ou não, não sei. Agora, existem duas: a azul – que é para o dia a dia (note que você só precisa passar pomada – e um pouco, nada de exageros – SE houver assadura, caso contrário, só a fraldinha ein) e a roxa que é para casos mais tensos, quando tem alguma assadura e pasmem, é tipo um remédio. MUITO boa!

 

 

 

 

 

 

 

2. Cadeirinha para o carro com isofix

INMETRO atrasado no Brasil, será?! =[

INMETRO atrasado no Brasil, será?! =[

Aqui em casa a gente é bem pirado com carros seguros, no nosso é possível colocar uma cadeirinha com isofix (que é um sisteminha em que você conecta a cadeirinha direto no carro, não usa o cinto de segurança para segurar). Compramos uma da Chicco que vai desde newborn até 4 anos, afinal, como já falei nós não somos um casal bebê conforto. Não comprei isso e hummmmm, não sinto falta. Além de ser mais econômico comprar uma cadeirinha que vai de RN até o pequeno ser maiorzinho, já que o bebê conforto dura (em média) até os 9 meses. #DicaParaAVida1: Se você for para o exterior e inventar de comprar uma cadeirinha, lembre-se: a caixa é grande e vale como uma bagagem. Duas coisas: nós demos a maior sorte do mundo em conseguir um táxi SUV e as medidas da caixa serem aceitas com a American. Confira isso antes: como vamos transportar do hotel para o aeroporto? Alugaremos um carro? Táxi (já especifique o tamanho da bagagem ao chamá-lo)? Supershuttle? E quais as exigências de tamanho e peso da empresa aérea.

 

 

 

 

3. Carrinho Jogging – 3 rodas GRANDES

3 rodas grandes são vida!

3 rodas grandes são vida!

Uma das melhores compras EVER – o carrinho. Duas desvantagens: ocupa quase todo o porta-malas (apesar do nosso soltar as rodas e isso ser bem útil) e nem todos os espaços do mundo são preparados para você passar com um carrinho (mas ei, a maioria dos espaços não passa nem um carrinho convencional). Vantagens: as rodas não ficam presas nos buracos, o baby não fica tremendo igual uma montanha-russa quando tu o leva para passear (o nosso compramos com amortecedor, valeu a pena!) e é style. hahaha Sério, depois de ter filhos eu comecei a reparar nos carrinhos.

Nos EUA o que mais vimos foram pais com carrinhos estilo guarda-chuvas, mas deixamos para comprar por aqui se for necessário. Por enquanto só o nosso já está super OK.

Ah, compramos o jogging, que possibilita você praticar exercícios (corrida!) com o pequeno. Ainda não fizemos isso! hahaha

 

 

 

 

Outras coisas que compramos e foram úteis: roupinhas (afinal, com U$10 você compra coisas lindas e aqui no Brasil a inflação come solta), utensílios para o dia a dia do bebê (muita coisa linda e totalmente desnecessária), cobertores fofos, bichinhos de pelúcia (dragões, no nosso caso, porque aqui no Brasil não achamos NADA) e coisas para mim – tipo, não usei nada praticamente. hahaha MAAAAAAS, comprei: pomada HPA Lanolin (que usei só duas vezes – mas faz sentido ter, porque meu bico do seio quase não incomodou. Só que se o seu bico do seio der fissura, essa pomada é VIDA e tu não precisa retirá-la para amamentar). Tem no Brasil pra comprar, é um bom investimento. Comprei também umas conchas da Avent, que usei algumas vezes mas não me adaptei e uns negócios (também da Avent) que tu pode esquentar ou esfriar para colocar no seio – que usei DEMAIS quando meus seios estavam EXPLODINDO. Hummm, além disso comprei aqueles absorventes de seio (nursing pads, também da Avent) e uso esporadicamente, não me incomodam em nada e não grudam no mamilo.

Eu me preocupei com o enxoval a partir do quinto mês! Viajar de avião foi super tranquilo e não me estressei com nada. Claaaro que tu fica mais cansada, mas aí é só adaptar.

O Alec dorme num moisés (quando não coloco ele do nosso lado na cama porque estou muito cansada de madrugada para colocá-lo no berço. E sério, existe uma grande possibilidade dele acordar e querer brincar de madrugada ao colocá-lo no berço. Por isso, prefiro não arriscar todas as vezes e priorizar meu sono. Sim, bem egoísta. Mas ei, lembre-se: você não dormirá mais como fazia, por isso, toda hora ganha é bem-vinda) e ainda não toma mamadeiras. Compramos várias liiiiiindas da Avent, de vidro (além dos lindos e irritantes bicos transparentes, que somem junto com os gnomos das meias) e super quero vê-lo usar. Provavelmente isso acontecerá só depois do quinto mês, vou tentar deixá-lo só no peito o maior tempo possível. Essas mamadeiras valeram MUITO a pena comprarmos fora, pelo preço mesmo. E são muito fofinhas! O esterilizador, também Avent, compramos no Brasil mesmo e saiu elas por elas.

Bom, é isso. Locais para comprar coisas de bebê em NY: Buy Buy Baby – melhor atendimento, Mancy’s – roupinhas lindas e Babys R’Us – variedade. E cara, OUTLET. hahaha Além das várias lojas espalhadas pela cidade, óbvio. Uma dica, o SOHO não é uma opção muito viável de preço. hahaha Mas né, isso também era óbvio. É o local em que um carrinho básico sai por uns U$1.000,00, ou seja, não era o nosso caso. Ahhhh e outra coisa, use os CUPONS de desconto que são vida em NY e peça o kit de mamãe nas lojas, são brindes lindos e tu só precisa fazer o cadastro nas lojas.

Eu divando na Toys R'Us com os Minions. hahaha

Eu divando na Toys R’Us com os Minions. hahaha

Ideia de valores:

Cadeirinha: U$350,00

Carrinho: U$350,00

Pomadas: U$5,00 a U$12,00 cada (depende o tamanho).

Mamadeiras (conjunto): U$50,00

Beijos, Ká.

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest

Compartilhe =D