DIU – Vantagens e Desvantagens

  • 1
  • 14 de julho de 2017

Um ano após o nascimento do meu filho resolvi recorrer ao DIU Mirena, dispositivo intrauterino, como forma de contraceptivo por dois motivos: o primeiro, o mais óbvio, é que eu não estava preparada para mais um filho tão cedo e o segundo porque sempre fui muito indisciplinada em relação à pílulas. Resolvi contar minha experiência e falar sobre as vantagens e desvantagens do DIU já que esse assunto rola bastante em roda de conversa com amigas ultimamente.

A principal vantagem ao meu ver poderá parecer estranha, mas eu fiquei mais consciente do meu corpo após suspender o uso das pílulas. Mas alguém sentiu isso? Coloquei o Mirena, ou seja, o DIU hormonal que também é conhecido como SIU. Fiz através de centro cirúrgico, com anestesia. Sei que é possível fazer em consultório, mas já escutei vários relatos de dor e desconforto. Como não sou a melhor pessoa para passar dor, decidi que faria do meu jeito.

DIU Mirena – Contraceptivo Intrauterino

O procedimento é super rápido (cerca de 30 minutos tudo) e o Mirena é garantido gratuitamente no plano que tenho contratado com a Unimed, que inclusive pagou toda a questão do procedimento em si, mas precisei pagar uma taxa ao médico em separado. Sempre fico na dúvida se isso pode ou não ser cobrado, mas devo dizer que o fato de ser o meu médico que me atende convenientemente no dia e horário combinado me faz pagar sem discutir.

Não senti nenhum desconforto após o procedimento e nem sinto nada durante o sexo. Entretanto, conheço mulheres que não se adaptaram ao produto e inclusive tiveram rejeição. Acredito que varie muito de mulher para mulher! É importante conversar com o seu médico antes de optar pelo produto, só para o DIU existem dois modelos: o de cobre e o hormonal.

O DIU hormonal, que eu uso, aumenta o muco cervical que fica mais espesso e dificulta a subida do espermatozoide. Ele libera o hormônio progesterona, mas a quantidade é bem baixa e fica limitada ao útero. Ou seja, não cai na corrente sanguínea como ocorre com a pílula, por exemplo. Ele também provoca efeitos no óvulo, dificultando a sua evolução para um embrião.

Resolvi elencar por tópicos as vantagens e desvantagens para facilitar a avaliação deste método anticoncepcional, mas como eu uso o DIU hormonal é a esse que os dados se referem. Ok?

Vantagens:

  • Duração: 5 anos;
  • Não tem risco de você se esquecer e ficar “desprotegida”;
  • A taxa de sucesso contraceptiva do DIU é 99,3%, ou seja, maior que grande parte das formas disponíveis;
  • Você não precisa ter engravidado anteriormente para utilizar – isso é MITO;
  • Diminui o fluxo menstrual. Eu mesma nem chego a ter sangramento! Ou seja, VIDA!
  • Ajuda a controlar as cólicas menstruais;

Desvantagens:

  • ACNE! Gente, piorei horrores! Portanto, existe relação entre o uso deste método anticoncepcional e as espinhas sim.

A acne voltou e foi por causa do DIU sim!

Sobre o episódio da acne eu vou precisar escrever um pouco mais porque para mim foi bem assustador. Aos 30 anos voltar a ter a pele que eu tinha aos 16 foi um impacto bem terrível. Para quem não sabe eu fiz tratamento com Roacutan visto o quão ruim era a minha pele. Depois de tantos anos livre de espinhas e cravos voltar a tê-las foi bem decepcionante. E acreditem, mesmo passando cremes e cuidando na alimentação depois de um ano utilizando o SIU ainda não melhorei 100%. Digo que estou em 70%, bem triste.

  • Se você estiver pensando em engravidar nos próximos 5 anos, não vale a pena. O preço do DIU Mirena pode variar de R$700,00 a R$1.000,00. Conforme eu comentei, na Unimed você ganha, mas paguei ainda a taxa do médico.
  • Não protege contra DSTs. Portanto, olho no lance!

 

Se eu recomendo o Mirena? Muito. Mas tenho conhecidas que ODIARAM o método. Avalie com seu médico se para você fará sentido e lembre-se que você pode não se adaptar. Mas né, se não tentar nunca vai saber.

 

Beijos, Ká.

 

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest

Compartilhe =D