Coisas úteis, meio inúteis e totalmente desnecessárias para um bebê

  • 0
  • 3 de janeiro de 2016

Coisas úteis, meio inúteis e totalmente desnecessárias para um bebê

Quando você está esperando seu primeiro filho, ou o segundo (terceiro, quarto, e assim por diante), uma das partes mais legais é comprar coisas para o bebê. Claro que tu fica meio pobre, afinal, o mundo capitalista é perfeito para lhe fornecer coisas úteis, meio inúteis e totalmente desnecessárias. Mas aí você pensa: como priorizar? Resolvi ajudar fazendo um resumo do que usei até agora com o Alec, vai que ajuda. Vivemos um momento de %#€£+ da nossa economia, então qualquer dinheiro bem investido faz sentido.

Coisas úteis:

Fralda da Pampers Pants. Para mim essa da de mil a zero na Premium Care pelo simples motivo que NÃO VAZA. Só que ela é mais cara que essa roxa [:(] que já é uma facada. Eu coloco a Pants no Alec para dormir e até ele fazer o número dois (hummmm essa é uma dica para um bebê de 3 meses, porque nos primeiros meses o baby faz cocô quase toda fralda. Neste caso a Premium é melhor mesmo, o Alec não teve nenhuma assadura – salvo uma vez, mas conto abaixo).

Algodão para limpar o bumbum. Sabe aqueles lenços umedecidos caros? Pois é, troque-os pelo simples algodão com água. Só use os lenços quando for sair, eles podem dar alergia e usar o lenço deixou o pequeno assado. E olha que eu usei aquele da Natura (que é bem bom) e dizem ser um dos melhores (o cheiro – que não existe – é bem bom)!

Pomada Desitin Roxa. Já falei no post do enxoval, mas vale relembrar. Faz sentido ter. Assim como um carrinho com rodas grandes.

Cortador de unha de bebê. Invista em um bom porque tu vais cortar as unhas do seu filho toda semana, incrível.

Tapete de atividades. SENSACIONAL. O Alec adora ficar lá e é vida, porque tu podes fazer as suas coisas enquanto o pequeno está entretido.

Meias. Cara, os gnomos das meias rondam minha vida e por este motivo um estoque de meias faz-se necessário. Haha Não, sério agora, se os sapatos estão no totalmente desnecessários (…) as meias ficam no totalmente necessárias.

Bichinho de pendurar. Dica: não compre o que você precisa puxar uma corda para se mexer, seu filho irá sempre preferir este. Hahaha Compre um que funcione com pilha!

Ofurô (balde). Nos primeiros meses o bebê pode estranhar tomar banho na banheira e o balde pode ser uma alternativa legal. O Alec curte bastante, só que precisam duas pessoas para dar banho. Já a banheira, que hoje usamos bastante, tu consegues dar banho sozinha. Ah, vale a pena investir naquelas redes de colocar na banheira.

Coisas meio inúteis:

Garrafa térmica. Tipo, ajuda nos primeiros meses em que você precisa trocar fralda a cada mamada só que comprar uma específica para o bebê é meio inútil. Depois você usa o microondas mesmo, é só colocar 8 segundos pra esquentar água porque vaia trocar fralda com o número dois só umas 2/3 vezes no dia. Às vezes nenhuma.

Almofada de amamentação. Pois é, usei um monte no começo e hoje tá lá largada. Até uso às vezes, mas não é mais necessária.

Cadeira de amamentação. Essa é uma incógnita, porque eu usaria muito mais se estivesse no quarto do bebê. Mas como não está torna-se meio inútil. Só que né, são lindas!

Mamaroo. Fiquei na dúvida de onde colocar este. Porque assim, nos primeiros meses usa DEMAIS enquanto as cólicas pegam pesado. Ou seja, se for pensar que tu está quase desistindo da vida é isso acalma MUITO o pequeno, vale colocar no úteis. Só que é bem caro (…) O Alec usa o dele até hoje e curte.

Coisas totalmente desnecessárias:

Sapatos. Só ficam bonitinhos, mas não são práticos e confortáveis de verdade.

Cueiro. Sério, todo mundo falava muito sobre isso e o Alec não suportou uma vez sequer ficar com os braços presos. Então, espere seu filho nascer pra aí sim (se necessário) comprar isso.

 

O meu objetivo é ir complementando este post com mais itens conforme o passar do tempo. Se alguém lembrar de algo, me avisa!

 

Beijos, Ká.

Deixe uma resposta

Pin It on Pinterest

Compartilhe =D